segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

2010 - Mudanças para todos nós!


“Para harmonizar nossa vida, ser feliz alcançar paz e equilíbrio, alegria e entusiasmo, só há um meio: sentir o amor!

Essa é a energia chave. O amor gera energia capaz de mover fatos, pessoas, modificar para melhor os acontecimentos.”


“Analise suas crenças, tente descobrir as causas reais dos acontecimentos que modificaram sua vida.

...Somos nós que escolhemos e criamos nosso destino. Nossas crenças geram atitudes que produzem energias e movimentam os fatos, atraindo determinados tipos de pessoas, materializando acontecimentos, criando situações em nossas vidas.”

livro: Somos todos inocentes de -Zibia Gaspareto (Esp. Lucius)


"Se Deus criou o mundo, é porque a sua inteligência e o seu poder estão além do nosso entendimento. Se possui tão importantes atributos, devemos entender que Ele faz uso do amor e da razão, que vem a ser a suprema justiça. Perdoa pelo amor e corrige pela razão, dando sempre uma nova oportunidade ao infrator de suas leis. Se fosse diferente, como entenderíamos o desnível em que vive socialmente a humanidade, pois enquanto nós, saudáveis e bem alimentados, desfrutamos desta bela noite, muitos têm o estômago vazio, como também vazios os seus corações de esperança? Como entenderíamos os cegos, os aleijados, os deformados... e os doentes, repelidos por todos? Não vivem muitos em mansões luxuosas gozando excessivo conforto enquanto outros morrem à míngua, sem um teto, sem um afeto? Muitos nascem belos, outros feios de dar pena! Uns vêm inteligentes e saudáveis, outros rudes e doentes! Se as nossas almas imortais fossem criadas a partir do começo desta existência, isto é, criadas no momento da concepção, Deus não seria justo, pois estaria destinando para uns uma vida melhor, enquanto outros teriam apenas dificuldades e sofrimentos, e o Raboni não seria verdadeiro ao afirmar que “a cada um segundo segundo as suas obras”, nem tampouco ao dizer que “nenhuma ovelha ficaria fora do rebanho”. Essas afirmações, tanto uma quanto outra, demonstram-nos que, se vivêssemos aqui somente uma vez, como já nascer deformado ou na pobreza extrema? Onde aplicaríamos “a cada um segundo as suas obras”, se a pequenina criança, ainda recém-nascida, não teve tempo de fazer coisa alguma? Como justificar o viver aqui apenas uma vez, conciliando-o com a afirmação “nenhuma ovelha ficará fora do rebanho”, se muitos no presente momento praticam erros gritantes, crimes diversos? Se vivêssemos apenas uma vez aqui na Terra, eles seriam condenados. No entanto não ficarão fora do rebanho, como disse o Raboni, porque o perdão do Pai lhes concede oportunidade de retornarem para quitar os débitos contraídos e regenerarem-se no futuro com as leis eternas do Divino Senhor. Assim compreendendo, temos o dever de seguir os passos dos que estão na vanguarda evolutiva, olhando para os que na retaguarda precisam de ajuda.

Compreendeis agora, por que , entendendo as lições do Raboni, devemos voltar para os outros, no intuito de servi-los com amor? Devemos dar a vida uma finalidade nobre, aproveitando-a para o bem Assim pelo menos, quando daqui sair, talvez possamos ter junto ao nosso corpo inerte quem regue nossas eternas esperanças com gotas de lágrimas sinceras."

livro: Raboni - Dizzi Akibah (Psicografia Pedro Santiago)


Feliz Ano Novo!

Que 2010 traga muita Paz, União, Fraternidade e Sabedoria para todos.

Rose Valverde


terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Guardados e Achados – Memória de nossa história


Início de férias é sempre bom e aproveito para por em ordem a papelada que a gente junta o ano todo. Mas remexendo em alguns papéis antigos achei um envelope escrito: Documento Histórico Inauguração do Cine Theatro Central, com a letra da minha mãe. E, abrindo o envelope encontrei um exemplar da Revista Central – 30 de março de 1929 – Anno 1, N. 1. Como o Cine Theatro Central está comemorando seus 80 anos achei que gostariam de ver a primeira página desta revista.

E, para completar a foto que tirei da sua fachada iluminada para lembrar que o Natal está chegando.

Desejo a todos um Feliz Natal!

domingo, 20 de dezembro de 2009

Estava à toa na vida e vi uma Banda passar

foto Rose Valverde

Hoje acordei e logo após uma música me chamou a atenção, corri para a janela e vi uma banda que estava em forma na rua e tocava uma música de Natal. Fiquei alegre em ver algo que há anos não via.

Na minha cidade, Três Rios, também tem uma banda a 1° de Maio, que vai fazer 100 anos em 2010 e que teve como um dos fundadores meu bisavô. Desde pequena no dia primeiro de maio acordávamos cedo para ver a banda passar pois neste dia ela percorria toda a cidade comemorando seu aniversário com música. São lembranças boas que guardamos e que nos faz sorrir.

Depois que a banda passou fiquei pensando, que banda é está ? Ai me lembrei que caminhando pelas ruas próximas vi um prédio pequeno, simples com uma placa com o nome de uma banda, já nem lembrava o nome mas, a “bendita internet” me ajudou, é a Sociedade Musical Tenente Januário que funciona aqui perto, na Rua Humaitá, 140.

Seria tão bom se a gente tivesse a oportunidade de ter maior contato com a música e desta maneira tão interessante como ver uma banda desfilar numa manhã de domingo nas ruas do bairro...

Momentos de alegria, momentos de acreditar no amanhã e desejar que no próximo ano a música preencha mais os nossos momentos trazendo Paz e Alegria para todos.

* A foto acima foi tirada num encontro de Bandas no Parque Halfeld há anos atrás. Sempre achei bonito ver os músicos tocando.


Lendo uma notícia hoje na Tribuna de Minas fiquei pensando sobre as oportunidades que temos de preservar nossa cultura . Está na hora de agir...


Vejam um trecho da reportagem:

O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG) divulgou, na semana passada, a pontuação final dos municípios no ICMS Patrimônio Cultural. Com 19 pontos, Juiz de Fora é um dos contemplados e receberá, no próximo ano, repasse estadual proporcional à nota obtida. Mariana, Ouro Preto e Santa Bárbara foram as cidades que mais pontuaram, obtendo, respectivamente, 40, 38 e 34 pontos.

Segundo o diretor da Divisão de Patrimônio da Funalfa, Paulo Gawryszewski, a base para pontuação são itens como criação de uma lei municipal de proteção ao patrimônio cultural, programas de educação patrimonial, bens culturais tombados, elaboração de inventário de proteção ao acervo cultural, além de outras ações de proteção, como investimentos em bens e manifestações culturais. “Com os pontos obtidos, a Prefeitura de Juiz de Fora deverá receber cerca de R$ 300 mil”, calcula Gawryszewski.

É isso ai, nossas manifestações culturais devem ser valorizadas e incentivadas...

mais de CEM% - IV Mostra de Artes do CEM

O Cem possui várias oficinas de formação sócio-artístico-cultural com o objetivo de desenvolver habilidades e promover a cidadania. Temos várias turmas de adolescentes, adultos e turmas com necessidades especiais.
IV Mostra de Artes do CEM – 17 de dezembro de 09h as 11h – Dança: Prof.a Fernanda Oliveira; Teatro – Prof. Phiter; Inglês – Prof. Miguel; Espanhol – Prof.a Sandra; Desenho em quadrinhos – Prof.a Rose Valverde e Desenho artístico – Prof.a Rose Valverde.


trabalhos da turma de desenho em quadrinhos - Profa Rose Valverde.

Desenho artístico - As gêmeas Laiane e Larissa com seus desenhos.



Apresentação da Oficina de Dança Contemporânea -Prof.a Fernanda Oliveira.

Apresentação da turma de Inglês - Prof Miguel.

Apresentação da turma de Espanhol profa Sandra - na foto leitura de um poema feita por um aluno def. visual.


Apresentação da peça "Os viajantes" pelos alunos do prof Phiter.

Todos se uniram para participar destra mostra que foi muito aplaudida pelos amigos e familiares presentes e que emocionou a todos nós.

Encerramos o anos felizes com tantas conquistas e com a certeza de que no próximo ano, em 2010, teremos novas e boas colheitas...

sábado, 19 de dezembro de 2009

Mais um ano termina... CEM %





V CEM Fashion Show - Conheçam um pouco do nosso trabalho.
Desfile do curso de Costura Industrial (11/dez):

Desenho de Moda - As alunas desfilaram com roupas confeccionadas pelas alunas de Costura Industrial e com peças customizadas pela aluna Lídia e exibimos a coleção de roupas em "Bonecas de Papel" - mais fotos no site:www.rosevalverde.art.br /arte-educação/ curso de desenho de moda / turma do 2° semestre de 2009.




Aproveito para lembrar que teremos inscrições
para as novas turmas de 2010
no dia 05 de janeiro a partir das 08h
(trav. Dr. Prisco, 57- Centro)
A inscrição será por ordem de chegada.

Um agradecimento especial a todos que nos apoiaram neste desfile
e a todas as alunas que demonstraram muito talento e cratividade.
Parabéns!